sábado, 16 de fevereiro de 2013

O tempo da vida.

Cheguei à conclusão de que esses obstáculos eram a minha vida de verdade. Essa perspectiva tem me ajudado a ver que não existe um caminho para a felicidade.  A felicidade é o caminho. Lembre-se: felicidade é uma viagem, não um destino.  Assim, aproveite todos os momentos que você tem. E aproveite-os mais se você tem alguém especial para compartilhar, especial o suficiente para passar seu tempo; e lembre-se que o tempo não espera ninguém. Portanto, pare de esperar até que você termine a faculdade; até que você se case; até sexta à noite, até segunda de manhã; até o próximo verão, outono, inverno; até que você esteja aposentado; até que a sua música toque; até que você esteja sóbrio de novo; até que você morra; e decida que não há hora melhor para ser feliz do que agora mesmo...
Flavio Rogério Lopes.

domingo, 27 de janeiro de 2013

Incêndio na Boate Kiss em Santa Maria - RS.


Hoje, o post do blog será um pouco diferente dos demais.
Como todos sabem, nessa madrugada de domingo (dia 27/01/2013) ocorreu uma tragédia em Santa Maria (RS), o 2º maior incêndio mais mortal e 5ª maior tragédia da história do Brasil. 
Para quem não sabe, o incêndio aconteceu na boate Kiss, em Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul. O número de pessoas que estavam na boate no momento do incêndio ainda não foi confirmado pelas autoridades. A festa reunia estudantes da Universidade Federal de Santa Maria, dos cursos de Pedagogia, Agronomia, Medicina Veterinária, Zootecnia e dois cursos técnicos. Segundo informações preliminares, o fogo teria começado por volta das 2h30, depois que o vocalista da banda que se apresentava fez uma espécie de show pirotécnico, usando um sinalizador. As faíscas teriam atingido a espuma que faz o isolamento acústico no teto do estabelecimento e as chamas se espalharam. 
E recolhendo mais informações em sites e notícias na televisão, constaram que a boate havia apenas uma entrada, que era pequena e o dono da boate não queria deixar as pessoas sairem, porque tinham que pagar a comanda. O número de mortos fica na faixa dos 233 e os números só aumentam a cada reportagem.
O Brasil inteiro ficou chocado com a notícia e nós não temos palavras pra expressar, difícil escrever algo que console cada família das vítimas. Mas queremos deixar aqui nossos sentimentos às vítimas e familiares do incêndio na Boate Kiss em Santa Maria - RS. 

“Ó Deus, que governais o tempo e a vida dos seres humanos, nós vos recomendamos vossos filhos de quem choramos a morte prematura; dai-lhes gozar perene juventude na alegria da vossa casa. Por Jesus Cristo, vosso Filho, Senhor da vida. Amém”
Jéssica Pires e Flavio Rogério Lopes.



domingo, 20 de janeiro de 2013

Que suportemos a vida sem matar as ilusões. Mas também sem viver por elas.


O grande defeito do ser humano é esperar muito de quem não tem nada a oferecer. Não é errado criarmos expectativas, pois são elas que alimentam a nossa vida. Se não esperarmos algo, ou desejarmos algo, a vida fica sem sentido. O problema é que as vezes, esquecemos que não devemos matar as ilusões, mas que não podemos viver por elas. Quando nos iludimos estamos fugindo de nós mesmos  e tentando buscar algo que pensamos que já está em nossas mãos, mas quando não conseguimos, nos decepcionamos.  Temos que sonhar, que desejar, que tentar, mas sempre com os pés no chão. Nunca esperar algo de alguém que não possa ou não queira dar o que você quer. Perder uma ilusão torna-nos mais sábios do que encontrar uma verdade. As ilusões são necessárias para nos amadurecer e ensinar. Mas depois que aprendemos a lição e cometemos o mesmo erro, já não é culpa da vida e sim da sua hipocrisia.
"Melhor se surpreender, do que se decepcionar."
Flavio Rogério Lopes.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Lute pelo que quer.


Já parou para pensar nas coisas que você poderia ter feito e não fez? Já parou para pensar em tudo o que você fez em sua vida? Do que você se arrepende? Você se arrepende mais das coisas que fez ou das coisas que não fez? Das coisas que não fez... Creio eu.  Comigo é assim, com você é assim, com todo mundo é assim. A gente se arrepende muito mais pelas coisas não feitas. E porque não fez? Por medo do que vão achar? Por medo do que vão pensar? Por medo de não dar certo? São muitas perguntas e a resposta é apenas uma: Medo, receio.
Quando nós fazemos algo, é porque naquele momento queríamos aquilo. Se o arrependimento bater no dia seguinte, vem aquele pensamento de: "Eu fiz porque queria.". Mas quando deixamos de fazer alguma coisa, o arrependimento no dia seguinte é muito maior: "Eu poderia ter feito. E deixei passar.".
É muito mais fácil dar conselhos, dizer para a pessoa fazer aquilo que quer, correr atrás, sem pensar nos outros. Mas é difícil nós mesmos seguirmos os conselhos que damos. Tudo isso por medo. Medo do que vão pensar de você... E se de repente, ninguém mais se importasse com a opinião alheia? "Com o que vão pensar"? E se de repente tudo o que você sentisse vontade de fazer, você fizesse? Será que as coisas não seriam um pouco mais fáceis? E mais uma vez, são várias perguntas e a resposta é uma só: Sim, seria muito mais fácil.
Fazer o que quer, sem pensar nos outros. Se você quer muito aquilo, porque não fazer? Porque não tentar? Vamos... Tente... Lute... Corra atrás. Se no final não der certo, pelo menos você tentou. Não fique criando expectativas e ilusões em sua mente com o "E se?", simplesmente vá e faça. Se é isso que você realmente quer, você não tem motivos para não tentar. 
"Quem não luta pelo que quer, não merece o que deseja."
Jéssica Pires.

sábado, 12 de janeiro de 2013

Amigos são anjos sem asas.


O que seria de nós sem os amigos?
Amigos, aqueles que preferem te machucar com a verdade do que com a mentira, que brigam com você quando você está errado, mas mesmo assim te apoiam. Aqueles que mentem junto com você, aqueles que estão do seu lado quando você mais precisa. Sempre digo que amizade verdadeira é como um casamento, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza. Amigos são anjos sem asas que nos protegem, nos abraçam e nos escutam quando precisamos. Amigos que muitas vezes parecem que são nossos irmãos. O tempo pode passar, mas a amizade verdadeira prevalece. Não há solidão mais triste do que uma pessoa sem amigos. A falta de amigos faz com que o mundo pareça um deserto. A amizade é um amor que nunca morre. A amizade é uma virtude que muitos sabem que existe, alguns descobrem, mas poucos reconhecem.
                                                                      Flavio Rogério Lopes.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

O que é o amor?


Nem sempre o amor é entre um casal. Existem vários tipos de amor, o amor de pai,  o de mãe, o dos amigos, da família etc. Mas também existe aquelas pessoas que dizem sofrer por amor. O amor é um sentimento verdadeiro, ele não nos traz dor e sofrimento. Se você diz amar uma pessoa e ela te despreza, é sinal que alguma coisa está errada. Pois o amor só é um sentimento verdadeiro quando parte das duas pessoas, o amor é um sentimento que divide o coração entre dois corpos. O amor tem que ser sentido, vivido. Mas não se esqueçam que nós não erramos em amar uma pessoa, nós erramos em esperar que ela nos ame da mesma forma.  Antes de ficar implorando o amor de alguém, pare de ser cego e enxergue que, enquanto você busca o amor de quem não lhe dá a miníma, você esquece o amor da sua família, dos amigos o amor de Deus, todos esses tipos de amor que são sinceros, verdadeiros e mesmo assim, às vezes desprezamos para correr atrás de um amor que não é verdadeiro, que não é sincero. 
"Não se esqueçam que a vida não é de se brincar, pois um belo dia se morre. A decisão é sua."
Flavio Rogério Lopes.

domingo, 6 de janeiro de 2013

Quem eu sou.


Difícil é me descrever, fazer com que palavras definam quem eu sou. Não acredito que eu seja ninguém de tão grande importância, acredito que eu seja como outras pessoas, com certos defeitos, porém, acompanhada de qualidades. Posso ser constante ou inconstante. Hoje posso me sentir lindo e amanhã horroroso, às vezes me acho capaz de tudo, mas muitas vezes incapaz. Dentro de mim tenho o bem e o mau, o certo e o errado, a tristeza e a felicidade. Eu posso ser tudo ou simplesmente nada. Eu sou assim, um pouco do vento, da chuva e do mar. O inferno e o paraíso. Não sei voar com os pés no chão, não sei viver de mentiras, nem amar pela metade. Eu sou assim, um tanto quanto diferente, um encontro e um adeus... Um breve pensamento de Deus.
Flavio Rogério Lopes.